LARP – The Climb – Português

Confira o jogo em : http://www.bullypulpitgames.com/games/the-climb/

No dia 15 de outubro de 2014 eu joguei meu primeiro larp no Canadá. O jogo se chama The Climb (A Escalada) e foi criado por Jason Morningstar. O jogo é sobre uma escalada clandestina a um montanha virgem localizada no Butão, Himalaias. O jogo tem a duração de 90 minutos e cerca de 30 minutos de explicação prévia.

Antes de eu falar sobre o jogo propriamente dito, gostaria de mencionar um pequeno detalhe. Larp é algo muito importante para mim e eu estava receoso uma vez que era meu primeiro larp em inglês e com pessoas de outra cultura.

O jogo propõe seis personagens: dois escaladores profissionais, o líder da expedição, um médico, um meteorologista e patrocinador da expedição. Eu joguei com um dos escaladores, alias eu era o melhor escalador.

Os organizadores foram Mo Jave e Stuart Candy. Nos jogamos no teatro black-box da Ocad University. O único cenário usado foram três mesas que serviram como tendas. Cada um das tentas comporta apenas três pessoas por vez. Durante o jogo temos que ficar dentro das tendas por que o clima é terrivelmente gelado. Nós podemos transitar entre as tendas, mas não podemos passar muito tempo fora delas.

Antes do jogo começar recebemos nossos personagens após decidirmos quem iria jogar com qual personagem. Cada ficha de personagem vem com duas opções de situações que irão acontecer durante o jogo. Cada jogador tem que decidir entre qual das duas opções de situações ele deseja colocar em jogo e então colocar em um envelope. Nós fomos informados que três das seis pessoas irão avançar para o próximo acampamento e então duas irão subir até o cume. As três pessoas que forem para o outro acampamento terão que lidar com as situações escolhidas pelos jogadores. No meu caso as minhas opções eram: uma ferramenta de escalada na neve que salvaria o grupo de algum perigo, ou um dos harness estaria parcialmente cortado e iria romper perto do cume. Eu escolhi o haness danificado rsrs.

O jogo começa com a expedição no acampamento base. Nós estamos “presos” devido ao clima terrível, e nós sabíamos, desde antes do jogo começar, que aos 45 minutos haveria uma pequena janela no clima e então seria nossa oportunidade de ir para o próximo acampamento.

Meu personagem estava em ótimas condições de saúde e pronto para ir para o próximo acampamento. O outro escalador estava com uma tosse incessante o que chamou a atenção do médico que avisou o líder da expedição. Este outro escalador eu não gostava de jeito algum, uma vez que havia me deixado para morrer um ema expedição passada. O médico e o meteorologista estavam de acordo em ficar no acampamento base, mas o patrocinador estava ansioso para ir para o topo. O líder acabou convencendo que a segurança da expedição era mais importante e que os mais qualificados deveriam ir para o cume. Se um de nós conquistasse o cume, todos receberiam o crédito pelo feito. No final o líder, o médico e eu fomos para o próximo acampamento.

Quando chegamos no próximo acampamento, nós nos deslocamos para uma pequena sala do lado de fora do teatro, abrimos o envelope com as escolha dos jogadores. As escolhas eram:

Nos encontraríamos uma bandeira dizendo que ninguém nunca havia ido mais além daquele ponto. Esta é uma questão moral sobre as crenças religiosas dos Butaneses.

  • Um dos harness danificados que romperia próximo ao cume.
  • Um carta de amor secreta sobre um caso entre um dos personagem e a esposa(o) de outro personagem.
  • Um salvamento contra qualquer tipo de situação perigosa.
  • Uma das pessoas desenvolveria sintomas de saúde e acabaria morrendo se não fosse tratada pelo médico.
  • Alguém perderia alguns dedos da mão devido ao frio.

Como jogadores, espalhamos as opções e discutimos uma possibilidade para a sequência dos fatos. Primeiro encontraríamos a bandeira, então no próximo acampamento o médico começaria a passar mal. O líder tentando ajuda-lo acabaria deixando cair a carta de amor da esposa do médico. Eu e o líder seguiríamos para a escalada onde aconteceria o acidente e eu salvaria o líder as custas de alguns dedos.

Uma vez que a ordem das ações tinham sido definidas nós representamos cada uma delas. Decidimos por pegar a bandeira e leva-la até o topo. O médico começa a passar mal e descobre sobre o caso da esposa com o líder. Os dois brigaram e a discussão termina com o médico mandando nós terminarmos logo com isso. O líder e eu fomos então escalar, enquanto isso o medico voltou para o teatro mas para uma parte isolada. Durante a escalada o acidente aconteceu, eu salvei o líder mas perdi alguns dedos. Chegamos ao cume, colocamos a bandeira e tiramos um self para guardar de lembrança. Quando voltamos para o acampamento intermediário encontramos o médico morto. Nós o enterramos e então voltamos para o acampamento base.

Quando voltamos para o acampamento, todos começaram a questionar o que aconteceu com o médico. O patrocinador insinuou que o líder havia matado o médico por ele ter descoberto sobre o caso com a esposa do médico.

O jogo é muito interessante porque não precisa de nenhum figurino especial ou cenário. Além disso não é necessário um organizador dedicado, ele pode ser um dos jogadores. Eu diria que esse jogo é uma ótima opção para se ter na mão para rodar um jogo quando for preciso.

Uma coisa que me causou confusão foi os nomes dos personagens. Como um estrangeiro, as vezes é difícil identificar quando um nome é masculino ou feminino, e além disso eu não sabia como me referenciar ao personagens porque o sexo dos jogadores misturava com os nomes rsrs…

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: